Parametrização da limitação da Amplitude de Movimento Articular (ADM) com os qualificadores da Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde (CIF).

  • José Armando Pereira Lelis Centro Especializado em Reabilitação Física, Intelectual e Visual da APAE de Janaúba - MG
  • Ana Paula Espindula Universidade Federal do Triângulo Mineiro - UFTM. Uberaba, Minas Gerais

Resumo

RESUMO

Introdução: A Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde (CIF) foi aprovada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) em 2001. É composta de um conjunto de códigos alfanuméricos que visam codificar diferentes estados de saúde e estados relacionados à saúde.  Objetivos: Parametrizar a limitação da amplitude de movimento articular (ADM) com os qualificadores da CIF, criar tabelas com a parametrização e um aplicativo para smartphones com sistema Android. Método: Foi realizada avaliação com goniômetro da ADM da flexão dos ombros e extensão dos cotovelos de cinco indivíduos com diagnóstico de Paralisia Cerebral e espasticidade de membros superiores. Resultados: Na flexão do ombro direito 60% dos participantes apresentaram deficiência moderada e 40% deficiência leve. Na flexão do ombro esquerdo, 40% apresentaram deficiência leve, 40% moderada e 20% grave. Na extensão dos cotovelos a amostra se comportou igual, nenhuma deficiência ocorreu em 20%, deficiência leve em 40% e deficiência moderada em 40%. Conclusão: As tabelas com os dados da parametrização e o aplicativo para smartphone mostraram eficácia na definição do qualificador da CIF relacionado à gravidade do comprometimento da ADM. Ficou demonstrado ser possível definir o grau de comprometimento da ADM com os qualificadores da CIF e os instrumentos desenvolvidos são de importante aplicabilidade prática para os que utilizam da parametrização da ADM com a CIF.

Palavras-chave: Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde (CIF). Paralisia Cerebral. Amplitude de Movimento Articular. Goniometria.

Biografia do Autor

José Armando Pereira Lelis, Centro Especializado em Reabilitação Física, Intelectual e Visual da APAE de Janaúba - MG

Fisioterapeuta do Centro Especializado em Reabilitação Física, Visual e Intelectual – CERIII da APAE. Janaúba, Minas Gerais, Brasil.

Ana Paula Espindula, Universidade Federal do Triângulo Mineiro - UFTM. Uberaba, Minas Gerais

Pesquisadora da Disciplina de Anatomia Humana e Professora do curso de Pós graduação em Ciências da Saúde da Universidade Federal do Triângulo Mineiro - UFTM. Uberaba, Minas Gerais, Brasil

Publicado
2020-09-03
Seção
Artigos