TRANSTORNO DO ESPECTRO AUTISTA

  • Ada Maria Farias Sousa Borges Acadêmica do curso de medicina da Estácio-FMJ, Juazeiro do Norte, CE
  • Erlane Marques Ribeiro Faculdade de medicina Estácio de Juazeiro do Norte Hospital Infantil Albert Sabin, HAS
  • Lílian Samara de Aquino Santos Acadêmica do curso de medicina da Estácio-FMJ, Juazeiro do Norte, CE

Resumo

O Transtorno do espectro autista (TEA) é definido como um distúrbio do desenvolvimento que afeta os três domínios principais: interação social, comunicação e movimentos estereotipados de comportamento. Os sintomas são complexos e apresentam classificações diferentes conforme a gravidade de comunicação e de interação. O diagnóstico precoce é uma prioridade no TEA, uma vez que contribui significamente na qualidade de vida futura do indivíduo. Observa-se ainda, a importância familiar no processo de identificação de características comportamentais que fogem ao padrão comum de desenvolvimento das outras crianças. Os pais são os primeiros a notar o início dos sintomas e 50% observam os sinais nos primeiros 12 meses de idade. Embora muito estudado, ainda não se podem definir com precisão os aspectos etio/epidemiológicos relacionados ao TEA, sendo necessário maior aprofundamento científico no âmbito de aprimorar serviços que proporcionem melhores condições de vida para as pessoas com autismo, familiares e a sociedade como um todo.

 

 

Publicado
2018-01-02