A INCLUSÃO DE PESSOAS COM DEFICIÊNCIA INTELECTUAL NO MERCADO DE TRABALHO, EM TRÊS LAGOAS/MS

  • Priscila Pereira Dias
  • Silvana Cristina Fontanetti
  • Sandra Regina Ferreira Toresan Gonzales

Resumo

O presente artigo retrata a experiência da inclusão de pessoas com deficiências intelectuais pela APAE na cidade de Três Lagoas, no estado do Mato Grosso do Sul, ao longo do período de 2011 a 2016. O crescimento do numero de incluídos nesse período foi de 12 em 2011, para 24 em 2016,  com aumento de uma mulher em 2011 para 8 em 2016. As indústrias que mais contratam são as medias e pequenas, sobretudo as têxteis, de alimentos e de calçados infantis. Apesar do processo de treinamento e inclusão na empresa ser difícil e moroso, os resultados são satisfatórios, pois um deficiente foi promovido nesse período e vários solicitaram mudança de postos de trabalho e de empresa, não apenas por aumento de salários e sim buscando melhor qualidade do ambiente de trabalho e consecutivo de vida.

 

PALAVRAS-CHAVE: deficiente intelectual – DI. Inclusão. Mercado do Trabalho. Qualidade de Vida.

Publicado
2018-01-02